20 de outubro de 2014

Falando sobre mim: Escola, amizades, garotos...

Oi gente linda, tudo bem?!

Vou fazer um post diferente. Vou me abrir um pouco aqui no blog... Falar sobre sentimentos, coisas sobre a minha vida... Eu não sou muito boa nisso mas resolvi tentar :)



Pra quem não sabe, tenho 18 anos. Sempre fui muito, muito quieta, na minha... Quando tentava fazer amizades, falhava. Não sabia como agir e sempre me saía como ''boba''. Cheguei à ser ''zuada'' (odeio a palavra bullying) no colégio uma época, e isso marcou muito pra mim. O que eu não deveria nem me lembrar. Mas eu não lembro como uma coisa péssima que aconteceu na minha vida. E sim como uma fase ruim. Existem fases e podem ter vários lados. Todos no fim das contas acabam sendo bons. Você enxerga as coisas de outra forma e te faz perceber tudo com clareza. Não existe imperfeição. As pessoas que têm mania de colocá-las em nós.

Bom, essa fase passou. Mas eu nunca fui de ter muitos amigos mesmo. Uns sumiam, sem dar satisfação.. Outros ficavam presentes só de corpo, e não de alma. Acontece sempre. Achava que eu que tava errando no meu jeito, tentei mudar várias vezes pra agradar, e nada... Porque claro, eu não tava fazendo certo! Como assim mudar algo em mim pela amizade de alguém? NÃO! Ninguém precisa disso. Simplesmente quem não te quer como amiga não gosta de você e fim. Mas muita gente vai gostar de você como você é, sem tirar nem colocar.

Sou muito carente, sempre fui muito sozinha. Gosto de carinho, atenção... Mas nada em excesso demais. Enjoo fácil, e isso é bem ruim. Não consigo manter alguém por perto, que fique muito perto, por muito tempo. Sim, digo, garotos. Nunca namorei e sei lá, não sei. Só não sei. Conheço poucos garotos, não sou de sair e convenhamos, não iria achar ninguém em festas também. Já perdi oportunidades por simplesmente deixar pra lá e não sei porque faço isso, mesmo! Haha. Eu esqueço, não vou atras, não ligo, não procuro. E a pessoa some. Pode até ser que a pessoa me procure, mas não dura muito tempo... Enfim! Eu só não sei.

Sou assim, estranha, não sei agir com pessoas e sempre me atrapalho. Amizades vêm e vão, mas eu sei que as verdadeiras vão vir pra ficar e não ligo mais se alguém sumir. Sei que a minha amizade, ela não merecia. Pensem que, você é única (o), e seu jeito não tem que agradar todo mundo, e sim à você. :)

Confesso que queria alguém por perto sempre. Mas um dia vai chegar a pessoa certa, e, vai valer a pena ter esperado. 

Aprendi que ninguém chega até você do nada, e eu não gosto nem um pouco de ir atras, isso complica, mas ''nada é impossível''. O clichê que se encaixa em tudo. Mas pode acontecer um dia. Assim, em algum momento.

Resumindo. Sou eu. Mariana, a estranha, que ama seu jeito de ser. Espero que um dia muita gente goste de mim assim como eu gosto. 

Gostaram? Comenta aqui pra mim, é muito importante <3 beijos!

2 comentários:

  1. Que texto lindo Mari, adorei, eu também não tenho muitas amizades, algumas que eu tive vieram e se foram sem explicação e isso é chato né. Eu também não sou muito de sair não! Você escreve muito bem. Beijoss :)

    http://arlenyramalho.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiii amore! Nossa, é complicado né :( mas nem me abalo mais! Obrigadíssimaaaa, fiquei feliz :) beijocas <3

      Excluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo